O que são calos?

Uma hiperqueratose associada à presença ou não de um núcleo do mesmo material, com formato cônico, tendo sua porção mais estreita voltada para dentro. Os calos têm como causa, problemas de origem ortopédica e/ou calçados inadequados.

O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar calos. O correto é fazer visitas regulares, de mês em mês, para sua remoção que é feita de forma simples, rápida e indolor.

Tratamento: Consiste na remoção do tecido hiperqueratoso subjacente ao núcleo, além da remoção dele próprio, caso exista. Coloca-se um pedaço de algodão embebido em um emoliente para diminuir a rigidez do calo e, após alguns minutos, faz-se o desbastamento do mesmo. Em seguida, usa-se uma lixa elétrica para finalizar o tratamento.

O que são calosidades?

É o espessamento da pele num determinado ponto. O organismo reage assim para se defender de atritos provocados por calçados apertados, má postura ou andar incorreto. O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar calosidades. O correto é fazer visitas regulares, de mês em mês, para sua remoção que é feita de forma simples, rápida e indolor.

Tratamento: Consiste na remoção do tecido hiperqueratoso. Coloca-se um pedaço de algodão embebido em um emoliente, para diminuir a rigidez da calosidade e, após alguns minutos, faz-se o desbastamento do mesmo. Em seguida usa-se uma lixa elétrica para finalizar o tratamento.

O que são cravos?

O cravo é um tipo de calo situado na planta do pé, aprofundado como um cone e muito doloroso. O podólogo pode auxiliar a sanar esse incômodo. Não existe remédio para curar cravos. Para sua remoção, que é feita de forma simples, rápida e indolor, o correto é fazer visitas regulares, de mês em mês.

Tratamento: Consiste na higienização completa dos pés onde será executada a remoção do cravo, que é efetuada com instrumentos apropriados e esterilizados.

O que é o bicho-do-pé?

É a menor espécie de pulga. Apenas a fêmea penetra nos tecidos, de preferência do homem, porco, cão e rato. No homem, o bicho-do-pé prefere penetrar principalmente na sola do pé, nos cantos e sob as unhas (dos pés e das mãos). A pulga penetra no hospedeiro escolhido, permanecendo com a cabeça e o corpo mergulhados no tecido.

As fêmeas, ao penetrarem, provocam uma coceira intensa. Após alguns dias, o seu abdome aumenta, tomando a forma de batata ou moranga. Na verdade a pulga está cheia de ovos. Os machos e fêmeas vivem em locais secos, próximos de chiqueiro, monte de estercos e nas proximidades da casa (hortas e jardins).

O maior perigo do bicho-do-pé está na possibilidade da pulga levar também o bacilo do tétano e gangrena. O bicho deve ser retirado com cuidado para não estourar seu abdome. O processo é indolor e o podólogo está apto a retirar a pulga de forma simples e rápida.

Tratamento: Consiste na higienização completa dos pés na região onde será feita a remoção do bicho-do-pé, com instrumentos apropriados e esterilizados.

O que é micose de unha?

As micoses são infecções provocadas por fungos. Podem se manifestar na pele, couro cabeludo e unhas. Isso porque essas regiões são ricas em queratina, o alimento desses fungos. A higiene é o princípio fundamental tanto para prevenção como para a cura das micoses, por isso, recomendamos visitas regulares de mês em mês para uma assepsia em clínicas especializadas em tratamento de pés, juntamente com o uso de medicamentos indicados por dermatologistas.

Tratamento: O tratamento consiste na assepsia da unha afetada pelo fungo e da aplicação do medicamento indicado por um médico dermatologista. Esta assepsia na unha afetada é indicada para uma melhor absorção do medicamento. As lixas utilizadas neste procedimento são descartáveis. Este tratamento pode durar até 12 meses.

O que são fissuras?

São rachaduras que deixam os pés doloridos e, muitas vezes, dificultam a simples rotina de calçar os sapatos e caminhar. Pode ocorrer até mesmo sangramento.

Geralmente as fissuras se dão pelo ressecamento da pele associada ou não à hiperqueratose, sendo que esta última é uma podopatia que, muitas vezes, aparece conjugada às fissuras.

Tratamento: Consiste na higienização do local e aplicação de emoliente, removendo todo o espessamento verificado na região plantar. Para finalizar o tratamento são utilizados cremes apropriados para uma hidratação. É aconselhável que se faça, após a higienização dos pés, uma hidratação profunda com vapor de ozônio.

Dica: Após o tratamento é necessário que se use em casa um bom creme à base de uréia.

O que é órtese?

Órtese é um dispositivo que se fixa à lâmina ungueal (unha) e apresenta eficiente capacidade de tração mecânica, sendo inegavelmente a melhor opção para o tratamento corretivo de unhas deformadas. A aplicação de órtese faz com que a unha volte ao seu formato normal e, consequentemente, há um alívio de dor.

Tipos de deformidades das unhas que podem ser corrigidas com o uso de órteses: